Início > Holanda, Típico holandês > Dize-me que roupas usa…

Dize-me que roupas usa…

07 - 05 - 2007

Uma vez ouvi que a roupa que uma pessoa usa pode dizer muito sobre a personalidade dela. Diria que também diz sobre a nacionalidade e a religião. Em Amsterdã, pelo menos, você reconhece facilmente um indiano, um muçulmano, um afro-descendente, enfim, a maioria se veste à moda da cultura oriundi.

Percebe-se, também, pelas roupas, que os holandeses são esportivos. De longe, você pensa que aquele casal usando jeans e jaqueta vermelha, pedalando ao longo do dique, são dois adolescentes. Quando eles chegam mais perto é que você percebe que já viram mais de 50 primaveras…

Aliás, uma coisa bem engraçada, em se falando de roupas e de casais, é que muitos deles gostam de se vestir iguais. Sim, o namorado e a namorada, o marido e a esposa, o avô e a avó, vestem no mesmo dia (e andam juntinhos) não só a mesma cor, mas também o mesmo modelo e a mesma marca.

Os holandeses e holandesas parecem desencanados na hora de escolher roupas. E, como gostam muito do verão, adoram usar roupas desta estação, mesmo que o tempo não esteja tão quente. No final da primavera e começo do verão, com temperaturas beirando os 20 graus, eles já andam por aí de bermudas e camisetas, parecem não sentir frio.

Se tem sol, eles vão pros parques das cidades e lá ficam por horas, de sunga ou biquini, curtindo e bronzeando. Nas praias, as pessoas trocam de roupas na frente de todos(ou seja, ficam nuas por alguns minutos) e ninguém acha estranho. “A gente não pode ir pra casa usando roupas molhadas”, ouvi, um dia, como resposta à minha pergunta sobre o assunto.

Em alguns lugares, como Terschelling , muitos entram no mar sem roupas – lá é permitido praticar nudismo em todas as praias, exceto no trecho próximo à entrada de cada uma. Ninguém acha isso coisa do outro mundo, nadar nu é encarado com tanta naturalidade (ou ninguém parece se incomodar muito com os pelados e peladas) que até dá vontade de virar nudista!

Anúncios
  1. 08 - 05 - 2007 às 4:35 am

    deve ser bom mesmo!!!
    já “nadei”, na verdade entrei, em um rio nua… é ótimo!
    E ai como estás, linda?
    precisamos combinar nosso status online, para conversarmos. Tenho umas coisas pr te contar, hhihihihih…Bjocas…e observe mais a indumentária da galera por ai…

  2. 08 - 05 - 2007 às 7:16 am

    Wow! Isso é que é diferença cultural, hein? Em um país tão cheio de recalques e de “patrulhas” como o Brasil, não vejo essa liberdade toda acontecendo tão cedo. Não é à toa que, apesar dos pesares, a Holanda é sempre referenciada como um local cheio de tolerância e inovações transgressoras… ao menos, sempre foi assim que eu pensei =)

    Bjos!!!

  3. 08 - 05 - 2007 às 12:35 pm

    Ainda não notei essa história de vestir igualzinho .. hehe, mas, notei que eles são mais despojados com as roupas e encaram mais naturalmente a nudez. Em Terschelling, pude ver na praia, a naturalidade com que trocam as roupas ou curtem o sol e o mar.

    Um das coisas que curto aqui é como as pessoas são despreocupadas com o que os outros vestem e como estão. No Brasil, sentia uma pressão maior em termos de moda, beleza e a questão de estar em forma.

    Bj

  4. 24 - 06 - 2007 às 1:54 pm

    Gostei muito de ler sobre este assunto,vou para a Holanda em julho e estava muito preocupada com o que iria vestir.

    Beijos,
    Fernanda.

  5. 17 - 02 - 2008 às 6:13 pm

    bom, né!!!
    me imagine me vestindo obrigatoriamente de advogada… punkie style, odeio terninho e sapato de salto fino…

  6. thalia
    07 - 06 - 2010 às 7:40 pm

    aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

  1. 05 - 05 - 2009 às 11:04 pm
Comentários encerrados.
%d blogueiros gostam disto: