Início > Amsterdã, Holanda, O holandês, Típico holandês > Veja de novo quando quiser

Veja de novo quando quiser

19 - 05 - 2007

Não assisto televisão com freqüência, mas a TV pública holandesa costuma ser plural e transmitir bons filmes e documentários.

Nunca fui daquelas que a TV consegue prender no sofá por muitas horas. Só ligo a TV no horário do programa que quero assistir… isso é, se estou em casa e me lembro, o que não acontece com freqüência.

No entanto, não perco os documentários que me proponho a assistir. Um dia após a transmissão, em www.uitzendinggemist.nl, tudo o que é produzido pelas emissoras públicas está à disposição!

Curiosidades sobre a TV holandesa:

* Há três canais públicos. As diversas emissoras, dos diferentes credos e orientações políticas, os utilizam para transmitir seus programas. É uma televisão que oferece programas produzidos por católicos, judeus, protestantes, hinduístas, podem ser de esquerda, de liberais, há também uma emissora com programas infantis etc.

* Me surpreende, por exemplo, a qualidade e profundidade dos documentários e também da escolha das programações. Tenho dúvidas se a televisão brasileira transmitiria o documentário A revolução não será televisionada, sobre o golpe que tirou Hugo Chávez por algumas horas do poder. Assisti na TV holandesa.

* Também me chama a atenção que não apenas os famosos estão na TV por aqui. E há muito mais apresentadores/artistas afrodescendentes do que na TV brasileira. Nem há o padrão globo de beleza para as apresentadoras, parece que o que importa é a competência e não a aparência.

* A NOS é a emissora que produz telejornalismo. Professoras e professores de holandês recomendam sempre o Jeugd journaal (versão infantil do telejornal). A linguagem é mais fácil e temas importantes da atualidade internacional também são tratados.

* Só em Amsterdã existem três canais locais. A multiculturalidade da cidade é transmitida no A2.

* Pode até ser que existam bons programas nos canais comerciais, mas não tenho muita paciência para assisti-los. Talvez dizer que o criador do Big Brother é holandês seja suficiente para entender porque não me interesso muito pelos outros canais.

* Na TV pública, não há intervalos comerciais durante o programa, mas sim, entre um programa e outro.

Anúncios
  1. 27 - 05 - 2007 às 4:27 pm

    TV? O que é TV?

    Há muito me livrei desse vicio. E você sabe o quanto a TV brasileira faz mal!

    Mas, isso não quer dizer que eu não assista alguns bons programas, de vez em quando. History Channel + Discovery é o que há!

    (OK, OK, eu não perco um episódio de Lost…)

    Rodrigo.

  1. 20 - 02 - 2008 às 1:13 pm
Os comentários estão desativados.
%d blogueiros gostam disto: