Início > Holanda, O holandês, Típico holandês > Fok Jou ou a vida de uma adolescente

Fok Jou ou a vida de uma adolescente

22 - 05 - 2007

“Na rua, a única coisa que você precisa é crédito pro seu celular e amigos” – Anna

Uma história nada alegre e pouco conhecida é a dos chamados loverboys. Pelo que entendi, eles são uma espécie de cafetões que introduzem adolescentes no mercado da prostituição holandês.

Tudo começa de maneira ingênua. Eles se aproximam das vítimas e tornam-se namorados delas. As enchem de presentes, como telefones e créditos para o celular. Até o momento em que eles dizem que elas precisam pagar. De que forma? Transando com um amigo, ou com vários, por exemplo.

Para tentar entender essa realidade e treinar o holandês – e conhecer as gírias -, assisti a série Fok Jou, exibida pela NPS no ano passado.

Uma idéia do seriado:

E este filme aí de cima é light. São cinco episódios sobre a vida de Anna, uma garota de 14 anos criada apenas pela mãe. Ela trabalha como babá de vez em quando, vai mal na escola, tem amigos estranhos e uma amiga vítima de loverboy. Junto com essa amiga, assalta uma perfumaria e vai parar em uma prisão para menores de idade – antes dela ir para lá, a mãe dela é consultada, que consente que a filha seja presa.

Fok Jou é super barra pesada, baseado em fatos reais e tinha a intenção de ser um alerta para as meninas. No entanto, foi transmitido às 23h10, horário que as crianças já estão na cama. A solução foi liberar os episódios às 19h30 para download – via internet e celular.

Assista Fok Jou

Anúncios
  1. Tatiana
    22 - 05 - 2007 às 11:01 pm

    Nossa! Parece bastante forte mesmo! Pena que não entendo patavinas de holandês…

  2. Milton Souza
    22 - 05 - 2007 às 11:53 pm

    É impressionante. Eu estou prestes a ir a Holanda, um amigo que conheci em Fortaleza e que me chamou para morar lá com ele e sua mãe. Depois que vi esse documentário fiquei um pouco com medo. Seria possível eu entrar em contato com a pessoa que fez esse post? Queria muito tirar umas dúvidas.
    Obg!

  3. 23 - 05 - 2007 às 12:55 am

    Hum, pelo clipe, não achei nada demais, não =)

    Mas a descrição da realidade, que você deu, é chocante, no pior sentido possível. Lembra as adolescentes japonesas que se prostituem para comprar coisas caras ;\

    :*** Dani, e estômago eu tenho, holandês é que é complicado! rs

  4. 23 - 05 - 2007 às 8:39 am

    Já ouvi falar muito dos loverboys e a série parece interessante. Deve ser melhor para treinar o meu holandês, do que o meloso Tango de Julia 😉

    bjs

  5. 23 - 05 - 2007 às 11:58 am

    Fer e Tatiana, é uma pena mesmo pelo holandês e Fer, acho que o mais trágico dessa história é que as meninas são muito novas, assistem muito os canais de clipes de músicas em que cenas de sexo são divulgadas como se fosse a coisa mais simples do mundo e quando vão para as ruas acreditam que tudo funciona como no vídeo clipe… totalmente manipuladas

    Nunca assisti Tango de Julia, Clarissa, mas o Fok Jou não é nem um pouco meloso!

    Milton, vou te escrever. Depois só enviar suas perguntas que tentarei responder.

    abraços,

  1. No trackbacks yet.
Comentários encerrados.
%d blogueiros gostam disto: