Início > Amsterdã, Típico holandês > Minha bici caducou?

Minha bici caducou?

12 - 06 - 2007

Costumo dizer que a minha bicicleta não é apropriada para a cidade onde eu trabalho. Hilversum é muito civilizada para uma magrelinha que já rodou bastante. Ela era dobrável. De tão antiga não arrisco dobrá-la. Ela é marrom e o guidão tornou-se marrom de ferrugem.

Hilversum é a cidade da mídia, onde a maioria das emissoras de TV e rádio holandesas estão estabelecidas. Fica numa região cheia de verde, casas enormes e bicicletas novas. E a minha é ideal para Amsterdã, onde a maioria dos moradores possuem bici capengas justamente para que não sejam roubadas. Isso acontece com tanta freqüência.

Velhinha mas funciona!
Logo que mudei para Amsterdã, uma amiga do namorado me emprestou essa bici. Depois de um tempo, a corrente quebrou. Na época, levei a bicicletaria mais próxima e consertar ficava mais caro do que comprar uma bicicleta usada. Acabei a encostando no porão. Quando percebi que era mais negócio ter uma bici em Hilversum do que caminhar ou depender do ônibus para chegar ao trabalho, resolvi, antes de mais nada, recuperar a pequena.

Levei ao meu bicicleteiro favorito para ver o que ele podia fazer. Ele disse que ia procurar peças para ela, mas que não garantia nada. Uma semana depois, ele me sugeriu que levasse a um mecânico de autos que, por 10 euros, talvez ele soldasse e resolvesse o problema. E o homem soldou e nem cobrou nada! E eu voltei feliz para casa. No dia seguinte, a coloquei no trem e até hoje ela funciona como meu meio de transporte da estação central até o trabalho.

Ouço sempre colegas reclamarem que tiveram suas bicicletas roubadas na estação central. E eu sempre digo que com a minha amsterdamesa nada acontece.

Nessa manhã, para meu espanto, avistei de longe algo diferente na velhinha. Um adesivo amarelo. Fietswrak.

fietswrak2

Fietswrak?
“Prezado proprietário dessa bicicleta,
A sua bicicleta foi marcada como destroçada. Você está infringindo um artigo da lei da prefeitura. Pedimos que retire essa bicicleta caduca da via pública dentro de 14 dias. Caso você não o faça, sua bicicleta defeituosa será por nós retirada e será oferecida para a destruição por um ferro velho.”

Ah que povo mais esnobe! Retirei o adesivo, abri o cadeado, montei na bici e pedalei para o meu trabalho…

Anúncios
  1. 14 - 06 - 2007 às 7:39 am

    haahhaahhahahahahaa
    muito bom isso hein!
    Gostei de ver. Se é pra se meter na vida do cidadão, vamos fazer isso até com as bicis! 😀
    Bjs, Dani!

  2. 14 - 06 - 2007 às 7:45 pm

    Menina, nunca ouvi falar disso! A minha, como ganhei dos meus fofos sogros no ano passado, ainda está novinha e morro de medo de deixar na rua. Sempre procuro um estacionamento de bici fechado para deixar a possante. Sabe que às vezes, desejo que ela fique logo velhinha; assim não vai me dar tanta preocupação…

    Beijo,

  3. Rafa
    02 - 07 - 2007 às 8:57 pm

    Olá,
    sou brasileiro, mochileiro e tenho planos de fazer uma trip em Amsterdã em 2009. Gostaria de saber se vocês já viram por aí alguém que consegue vender artesanato na rua (brincos, colares, etc) tipo, pendurados na mochila e tal, sabe? Sem parar num ponto fixo. Minha maior dúvida é se a lei é mais rígida com esse tipo de atividade e tal. Existe Gente assim por aí? hehe

    Muito obrigado e grande abraço pros brazucas aí 😀
    Rafa (ca_csr@hotmail.com)

  4. 02 - 07 - 2007 às 9:09 pm

    Oi Rafa,

    Não sou a pessoa adequada para responder sua pergunta, mas enfim… me informaram que vender coisas nas ruas por aqui não é permitido. Vi poucas pessoas vendendo artesanatos, sempre nos festivais culturais ou parques, sempre no verão… quando as pessoas passam mais tempo fora de casa…

    abraços,

  1. No trackbacks yet.
Os comentários estão desativados.
%d blogueiros gostam disto: