Início > Amsterdã > Eles estão multando

Eles estão multando

13 - 09 - 2007

S. chega à aula de português atrasado. Conta o que aconteceu:

– Eu estava pedalando para cá e um guarda me parou porque passei no sinal fechado. Justifiquei que estava com pressa, que a aula de português começava às sete da noite. O policial começou a explicar o que eu já sei sobre regras de trânsito. E me deu uma multa de 50 euros! (=105 reais)

424237749_829bf2f9f1_m.jpgDepois da aula
Com um gesto, o policial pediu para que estacionasse minha bicicleta. Fui logo perguntando se ia levar uma multa. “A senhora vai receber uma notificação e instruções”, respondeu ele.

– A senhora é holandesa? – perguntou o jovem fardado de azul.
– Não, mas eu sei que cometi uma infração porque estou sem a luz dianteira – me antecipei.
– Ah, então não preciso explicar!
– Pois é, eu sei que estou errada! E o senhor viu que a luz traseira está funcionando?

O guarda deu a volta na bici e confirmou com os próprios olhos. Em seguida pediu minha identidade e começou a preencher meus dados na folhinha amarela.

Sabia que ao pedalar sem a luz dianteira corria o risco de multa. E já que não tinha outro jeito, tentei ser simpática e conversar bastante com o homem da lei. Foi uma idéia corporativista: durante o tempo que ele estava aplicando a multa outros ciclistas com o mesmo problema poderiam passar pelo controle sem ser incomodados. Depois de muito blá blá blá, fui comunicada que dentro de quinze dias receberia em casa o boleto bancário para pagar a multa e que eu tinha direito de recorrer.

– O seu destino é longe daqui?
– Hmmm… mais ou menos
– Eu não posso permitir que a senhora volte pedalando. Se preferir, deixe sua bicicleta aqui e utilize o bonde. Do contrário, deve ir caminhando pois está sem luz. Posso te fazer mais uma pergunta?
– Claro!
– Porque não está usando a luz dianteira?
– Porque está queimada!

Multas & Fatos
* No fim do verão e durante o outono os dias começam a escurecer mais cedo. É quando começam as campanhas sobre o uso obrigatório de lâmpadas para andar de bicicleta.
* Nessa época há mais policiais nas ruas para verificar se os ciclistas estão utilizando as luzes traseira e dianteira.
* Segundo o Ministério Público holandês, a multa para cada lâmpada faltante é de 20 euros (52 reais).
* Não ter documento complica a situação. A multa para quem anda sem identificação é de 50 euros.
* Multas superiores a €453,78 ou mais de uma multa de €226,89 em quatro anos não dão direito ao estrangeiro de pedir a naturalização.

Anúncios
  1. 13 - 09 - 2007 às 10:18 pm

    Nossa!

    Esclarecedor eu não sabia os valores das multas e estou sem a luz dianteira tbm.

    Putz!!!! Andando com aquela luz na bolsa não tem problema, né?

    Bjo!

  2. 14 - 09 - 2007 às 11:28 am

    Oi Márcio, se não me engano, oficialmente a luz tem que estar na bici, mas ao menos em Amsterdã a maioria usa a luz na roupa ou na bolsa…

  3. 15 - 09 - 2007 às 4:49 am

    Cara, na real…

    Sou ciclista e condutor em Porto Alegre/RS e realmente ao menos a traseira tem que ter… não sei como é o trânsito aí em amsterdã, mas aqui em Porto Alegre, ciclista anda de preto em bicicleta escura e sem luz nenhuma… fora que se jogam, simplesmente, na frente dos carros.

    Mas é muito evoluído esse sistema de dar multa para o cidadão… se isso ocorrer no Brasil… bem não ia acontecer nada… os caras iam pagar quietos…porque é povo acomodado. =D

  4. 15 - 09 - 2007 às 5:48 pm

    A dianteira e a traseira são necessárias? xiiiii…. preciso arrumar a minha 🙂

  5. 16 - 09 - 2007 às 8:56 am

    Fantástico.

    O interessante é ver a brasileiraiada reclamando de pagar imposto, pagar multa, etc. quando aí “no primeiro mundo”, paga-se muito mais, justamente para ter uma sociedade decente.

    Muito legal, mesmo, Dani! E pena que você foi pega, né… 😀

    :*

  6. 22 - 09 - 2007 às 4:02 pm

    Pena mesmo você ter sido pega, Dani, e o guardinha podia ter sido mais camarada já que foi a primeira vez. 🙂 Mas, por outro lado, é pra sua própria segurança. Vale a pena um puxão de orelha (que caro!) pra sermos mais cuidadosos, né?
    Aqui (pelo menos na minha cidade e adjacências) não tem ciclovias e os ciclistas abusam um pouco no trânsito.
    Bjs!

  7. 27 - 10 - 2008 às 8:46 pm

    Em São Bernardo, no estado de São Paulo a prefeitura fala que não é viável criar ciclovias. Acho que ciclistas não votam em número suficiente. E mesmo com diversos pedidos, a prefeitura continua com esse papo. Ia ser uma sorte para os ciclistas se alguém se importasse com eles.

  1. 24 - 09 - 2008 às 10:23 pm
  2. 09 - 05 - 2009 às 8:11 pm
Comentários encerrados.
%d blogueiros gostam disto: