Início > Típico holandês > Ele existe!

Ele existe!

10 - 12 - 2007

Juntamente com outros cinco amigos, celebramos o Sinterklaas nesse fim de semana.

Sint bootComo manda a tradição, haviamos feito o sorteio do amigo secreto com antecedência. Os presentes deveriam ser acompanhados de poesia. A surprise, ou seja, a embalagem criativa era opcional.

As poesias são assinadas pelo Sint em pessoa ou por um dos seus ajudantes (Piet), ou por ambos. Como sou iniciante, usei as dicas da internet a serviço do Sinterklaas para bolar o presente.

Haja criatividade
Embora todos ali fôssemos adultos, reinava o clima de suspense e expectativa. Afinal, haviam três embalagens imensas. Para começar, V escolheu um dos maiores pacotes, encontrou o nome de A e levou o presente até ela. A guria ganhou uma poesia de quatro páginas! Após ler a poesia, abriu a embalagem que, embora grande, não era uma surprise.

Em seguida, A se dirigiu ao outro pacote maior e o meu nome estava lá! O Sint caprichou e tornou minha primeira vez inesquecível!

Uau!!!
SintMinha surprise era o próprio barco a vapor do Sinterklaas, com direito a zwarte pieten de chocolate e poesia que explica o fenômeno do bispo bonzinho na Holanda.

O barquinho estava tão bem feito que nem queria abri-lo para ver o meu presente. Os demais já estavam ficando impacientes com minha admiração. Afinal, também queriam saber o que estava dentro, bem como, seguir a brincadeira e receberem os próprios presentes.

“Abre logo esse barco. É só uma surprise“, disse J. M lembrou que moramos em Amsterdã, casas pequenas: “você nem tem espaço para guardá-lo em casa”.

toc, toc, toc!!!
De repente ouvimos três batidas na porta: ‘toc toc toc’. Uma mão preta jogou pepernotjes para dentro. O Piet apareceu exatamente quando todos perdiam a paciência com a minha demora: “Até o Sint não agüenta mais sua demora. abra seu barco!”, ordenou B.

Depois de abrir o meu presente, escolhi a maior embalagem para o próximo. Alguém me lembrou que os embrulhos pequenos também eram interessantes, mas estava curiosa para ver o que estava embaixo dos sacos plásticos pretos.

blim, blim!!!
sint koe Encontrei o nome de B me senti uma criança de cinco anos ao entregar a surprise para ele. “Abre, abre, abre!”, gritei. Após ler a poesia, ele abriu o saco plástico e encontrou uma vaca! B é baterista e havia pedido ao Sint uma caneca, que em holandês chama-se koebel, ou seja, sino de vaca.

E a entrega dos presentes continuou e nos divertimos muito com a leitura das próximas poesias. Ainda que V não tenha ganho surprise, por exemplo, ganhou uma poesia para cada um dos quatro presentinhos que recebeu. Talvez o fato de todos estarem ocupados com os versos nos dias anteriores tenha influenciado. O fato é que todos falavam rimando. Coincidência ou o espírito de Sinterklaas?

Anúncios
  1. 10 - 12 - 2007 às 2:19 pm

    Claro que existe! Tenías alguna duda? :o)

  2. 10 - 12 - 2007 às 8:23 pm

    Ei batateira querida, este ano também pude comprovar que ele existe. Recebi a visita do Sint e a do seu inseparável Zwarte Piet e me diverti muito com as surprises e as poesias. Um barato mesmo!

    beijo

  1. No trackbacks yet.
Os comentários estão desativados.
%d blogueiros gostam disto: