Início > Brasil-Holanda, Holanda > A epidemia laranja

A epidemia laranja

06 - 06 - 2008

Amanhã começa a Copa Européia de futebol e a Holanda já está laranjinha. Logo que cheguei a Holanda, há quatro anos, assisti uma partida das semi-finais num bar brasileiro.

Relato aqui e agora porque na época o submarina não existia.

O namorado, que nunca gostou de futebol, havia sido contaminado pela epidemia laranja. Convidou os amigos para assistir a semi-final do Campeonato Europeu num café.

Lá estávamos nós, no centro de Amsterdam, assistindo Holanda x Portugal, num boteco brasileiro! Quanto mais perto do horário do jogo, mais gente chega pra torcer. A maioria brasileiros, também contaminados pela epidemia laranja.

Não fosse o fato de que nunca fui pra um boteco no Brasil assitir futebol, até dava pra acreditar que estava em casa! Todo mundo vibrando em cada lance, dizendo coisas como “nós temos que empatar” ou “precisamos fazer mais um gol” em perfeito português (embora o “nós”, nesse caso, seja a seleção holandesa).

Fim de jogo. A seleção portuguesa, comandada pelo brasileiro “Felipão” vence por dois a um o time comandado por Advocaat, que até recebeu ameaça de morte, feita por um escritor, durante uma entrevista na televisão, antes do jogo.

Apenas uma pessoa no bar inteiro comemorando, trajando a camiseta da seleção portuguesa. O nosso grupo (todos holandeses, exceto eu) comentou por alguns minutos a derrota. Em seguida, já estávamos em outro café, bebendo e conversando sobre a vida. A epidemia passou.

Anúncios
  1. Ana
    07 - 06 - 2008 às 7:33 am

    Eu não acredito que os Brasucas estavam a apoiar a selecção Holandesa?! E nós? O povo irmão que partilhamos a mesma língua? E que até temos o Scolari e o Deco na nossa equipa? É assim… somos logo trocados por um bando de loirinhos!

    Agora a sério: eu sou fã de Europeus e de Mundiais, acho que o ambiente é fenomenal… sim, e a minha segunda equipa na Copa é o Brasil 🙂

  2. 10 - 06 - 2008 às 4:08 pm

    Eu sou Belga e trabalham 2 Holandêses comigo. Ontem eu perguntei se eles iam asistir o jogo e os dois responderam q eles não se importam com futbol. Mas hoje de manhã mudou, a boca deles era só “viu como ‘nós’ conquistamos o campeão do mundo?”.

    Más eu admito, eu tava no Brasil duranto a copa do mundo e mesmo eu, um belga q não é muito de futbol, virei um torcedor pela seleção.
    Quando o país enteiro está torcendo, não tem como escapar a ficar contaminado. E ficar com a familia enteira em frente do televisão, comendo coxinhas, kibe e pastel e bebendo Guarana e Brahma é coisa boa.

    (Desculpe o meu Português que eu estou aprendendo ainda)

    Abraço

  1. No trackbacks yet.
Os comentários estão desativados.
%d blogueiros gostam disto: