Início > Amsterdã > Cinema sem teto é de graça

Cinema sem teto é de graça

15 - 08 - 2008

O Pluk de nacht, um festival de cinema de Amsterdã, acontece num local que poderia muito bem ser cenário de um filme.

Ao fundo, o Het IJ, o rio que corre atrás da estação central de trens. Trailers antigos e contâiners funcionam como bar, cozinha, banheiros e outras instalações.

A telona também é pregada em um contâiner. Caso chova, o filme é exibido dentro de um galpão, o qual todas as noites, após a exibição do filme, transforma-se em discoteca.

pluk de nacht


A platéia costuma chegar cedo para saborear as especialidades do Pluk de nacht. Por 12 euros é possível comer uma refeição completa, ou seja: sopa como entrada, mini-pizza como prato principal e um crepe francês doce como sobremesa, todos feitos de maneira artesanal.

Mas além da cozinha típica e de apreciar a vista, o povo chega-se adiantado para garantir assistir ao filme em uma das espreguiçadeiras. Por 1 euro, aluga-se também um cobertorzinho, que completa o aconchego durante a noite. Por ser à beira do rio, costuma esfriar.

Talvez informalidade, espontaneidade e liberdade definam a atmosfera do Pluk de nacht. Durante a exibição do filme, as pessoas continuam levantando-se para buscar uma bebida, fumar ou até mesmo conversar com as pessoas ao redor. O que acontece na platéia parece não interferir na concentração do público. Ao menos eu não me incomodei e não ouvi ninguém reclamar.

Ali, vivencia-se o festival, o filme parece ser apenas a desculpa para encontrar pessoas descontraídas. No país do afspraak, o filme nem tem hora definida para rodar. Quando o céu escurece, alguém da organização do festival passa em baixo da tela e grita: “vai começar!”

O Pluk de nacht traz filmes que, de alguma forma, são exclusivos. Eles podem até ter sido mostrado em festivais tradicionais, como o de Roterdã ou o de Cannes, mas não entraram no circuito de cinemas holandeses. São filmes de diretores conhecidos pela ousadia e excentricidade. É o caso, por exemplo, de Harmony Korine, que dirigiu Kids e Gummo. O filme de Korine no festival é Mister Lonely. Veja o trailer:

Até amanhã, 16 de agosto, os filmes podem ser vistos gratuitamentes no Stenen hoofd, próximo a Estação Central de trens. Depois, o festival continua, até 23 de agosto, na Timorplein e finalmente, há ainda uma amostra do festival em 21 de agosto na ilha de Texel e em 13 de setembro em Kotrijk, na Bélgica.

Anúncios
  1. 17 - 08 - 2008 às 7:00 pm

    Não consigo nem imaginar algo assim por aqui – BR…

    😦 :*

  1. 16 - 09 - 2008 às 10:48 pm
Os comentários estão desativados.
%d blogueiros gostam disto: