Início > Brasil-Holanda > Pedacinhos de coco

Pedacinhos de coco

23 - 05 - 2009

kokosMe lembro de que quando era criança minha mãe comprava o coco inteiro. Ela tinha o trabalho de furá-lo, tirar a água de coco, parti-lo no meio e finalmente tirávamos os pedacinhos de coco com uma colher.

Não é todo dia, mas de vez em quando encontro os pedacinhos de coco prontinho para o consumo no supermercado mais próximo de casa. E não os deixo na prateleira: entra na minha cestinha de compras e quando chego em casa os devoro enquanto preparo o jantar.

A última vez que me deparei com eles no supermercado estava em busca de guloseimas para levar para o trabalho. Uma vez por semana encho o baleiro da redação com dropjes. “E porque não levar algo saudável para compartilhar com os colegas?” pensei.

Anunciei logo de cara que trazia comigo algo especial. Os olhinhos dos quatro colegas se viraram para o meu lado. Dois deles pararam inclusive de teclar. Um deles pedia insistentemente para que eu abrisse logo minha bolsa.

Abri a bolsa. Tirei a embalagem e exclamei: “coco”. Os oito pares de olhos que minutos antes me olhavam com ansiedade estavam novamente voltados para as telinhas dos respectivos laptops.

– Quem quer? perguntei enquanto me dirigia à escrivaninha de cada um deles e oferecia o que, na minha opinião, é super saboroso. Cada um pegou um coquinho. Esta era a primeira vez que os holandeses que trabalham comigo comiam um pedacinho de coco. E quando digo pedacinho, me refiro a algo muito pequeno, com dois, no máximo três centímetros, algo que eu devoro em uma abocanhada.

“Não é doce, nem é salgado, não consigo definir que sabor tem”, ouço de um colega. “A gente tem de experimentar para saber se gosta”, diz o outro. “Não se pode comer a parte marrom”, ouço mais um, que se refere àquela casquinha entre a polpa a casca, que, segundo a wikipédia chama-se mesocarpo. A guria mais jovem comeu sem problemas, mas um pedacinho era suficiente. Passados alguns minutos, dois dos rapazes continuavam mordiscando aquele pedacinho único que tinham aceitado.

É redundante dizer que eu comi os demais pedacinhos do coco sozinha…

  1. 24 - 05 - 2009 às 2:49 pm

    Humm eu adoro pedacinhos de coco e adorei saber que podemos encontrar aqui.

    Eu amo água de coco, mas quando dei para o (na)marido provar, ele bebeu, mas sem um pingo de entusiasmo. Vá entender…

  1. No trackbacks yet.
Os comentários estão desativados.
%d blogueiros gostam disto: