Archive

Posts Tagged ‘música’

Solomon Burke & De Dijk

25 - 01 - 2011 Comentários desligados

Solomon Burke faleceu no aeroporto de Schiphol em 10/10/10. Dois dias depois ele faria um show com a banda holandesa De Dijk. Como é que essa parceria aconteceu?

Essa história é contada num episódio do podcast Global Hit dedicado às lendas da música mundial que faleceram no ano passado. Nele, há uma homenagem especial a Solomon Burke. Huub van der Lube, do De Dijk, é um dos entrevistados: clique e ouça (em inglês)

Solomon Burke gravou seu último CD com o De Dijk. Em Hold on Tight ele interpreta vários dos sucessos da banda holandesa. As músicas que compõem esse álbum foram traduzidas do holandês para o inglês. Uma impressão das gravações:

De Dijk
Solomon Burke

Leia (e ouça) também:
Giovanca
Awkward i
E não é que essa música é de holandeses?
Jazzy hiphop de primeira
Comedores de batata
Uma paloma blanca e holandesa

E não é que essa música é de holandeses!

Mais de uma e meia da manhã. Estamos no carro. Namorado e eu sonolentos e uma emissora de rádio regional embala nossa viagem. A letra é em holandês, mas a melodia e o refrão não me são estranhos.


Leia mais…

Bichos do Brasil, acrobatas australianos

02 - 08 - 2008 Comentários desligados

acrobatas australianos

acrobatas australianos

Bichos do Brasil, acrobatas australianos e bailarinos da França são algumas das atrações do teatro de rua do Karavaan Festival, que está acontecendo – e vai até 10 de agosto – no norte da província de Noord Holland.

* Até três de agosto, o coração do festival funciona na cidadezinha portuária de Hoorn, às margens do IJsselmeer.

* De 7 a 10 de agosto, o Karavaan viaja para Schagen, mas há espetáculos em Bergen, Den Helder, Warmenhuizen Anna Paulowna, Hoogkarspel, e na ilha de Texel.

* Bichos do Brasil é um espetáculo com artistas brasileiros. Uma parceria da paulistana Cia Pia Fraus e do Munganga, grupo de teatro cujos diretores são brasileiros, mas que tem sede em Amsterdã.

* Teatro pago, mas teatro de rua e música ao vivo de graça.

* Veranistas, de Máximo Górki, continua em cartaz no teatro ao ar livre do Amsterdamse Bos, em Amsterdã.

* Ainda há muitos festivais de verão na Holanda até o final de agosto.

Na praia, no bosque, na fazenda

O festival de verão que mais freqüento é o Oerol. Durante 10 dias, as praias, dunas, bosques, diques, fazendas, campings, pontos de ônibus, povoados e outras locações de uma pacata ilha no norte da Holanda transformam-se em palco para diferentes tipos de manifestações artísticas.

Terschelling tem cinco mil habitantes. Para o festival, a ilha recebe outras 20 mil pessoas que têm boa reputação junto aos moradores. Os nativos dizem que o público do Oerol respeita a natureza, é prestativo e não promove atos de vandalismo.

Leia mais…

Jazzy hip-hop de primeira!

Pete-Philly & Perquisite fecharam um evento que tive a oportunidade de presenciar em Roterdã. Até então, a única coisa que sabia sobre a dupla é que fazem parte do cenário atual do hip hop holandês.

Pieter Perquin ‘Perquisite’ é o produtor e violoncelista do duo. Durante o show, o parceiro dele, MC Pete-Philly animou o público: fez todo mundo dançar, cantar, bater palmas e pôr as mãozinhas para cima.

Leia mais…

Holandês num bairro ‘multiculti’?

Encontrei com M no aniversário de um amigo em comum. Ela é professora de holandês e leciona na sede de uma associação dos moradores de bairro, em Amsterdã, para um grupo de mulheres, a maioria oriunda do Marrocos ou da Turquia.

ParabólicasConversamos sobre as dificuldades em aprender o neerlandês. M disse que aconselha as alunas dela a usar o idioma para se comunicar no comércio. A minha velhinha havia me sugerido o mesmo.

Moramos no mesmo bairro e M sabe da pouca probabilidade de praticar holandês nas ruas de um bairro multicultural.

‘Multiculti’
Perto da minha casa tem três lanchonetes turcas, uma padaria e uma loja de roupas marroquina, um cybercafé de um paquistanês, uma loja de quinquilharias de um queniano.

Leia mais…

Comedores de batata

Além de dar o nome a uma das obras do pintor Vincent Van Gogh, Aardappeleters* é uma banda holandesa que só compõe músicas sobre batatas!

No website da banda, há a informação de que possuem um repertório de 30 aardappelsongs*. A banda, que existe há 27 anos, foi criada para homenagear o ingrediente tradicional da cozinha holandesa que, para a tristeza dos músicos, anda meio fora de moda nos cardápios de restaurantes.

Durante uma entrevista com os Aardappeleters no programa culinário televisivo “Mc Donald’s Kitchen“, exibido pela emissora de TV holandesa Llink, o apresentador os brindou com uma bandeja recheada com batatas, preparadas das mais diferentes formas. Quando começaram a comer, um dos músicos disse: “olhando esse prato, pensei em um título para uma nova música: ‘sinto falta do purê’.

Abaixo, uma apresentação dos Aardappeleters em um programa da TV local de Gelderland:

*
aardappel = batata
eters = comedores
aardappelsongs = músicas sobre batatas