Archive

Posts Tagged ‘Oerol’

A calmaria dos dias depois do Oerol

WalvisTerschelling recebeu cerca de 55 mil visitantes durante o Oerol Festival.

Ainda que esta tenha sido a 27a edição, os cinco mil habitantes da ilha, localizada na província de Friesland, parecem não se acostumar aos dez dias de agitação.

É o caso dessa ‘barraca de praia‘, localizada ao lado de um dos pontos mais movimentados do Oerol.

Durante o festival, eles serviam refeições das 11h00 às 24h00.
Leia mais…

Categorias:Holanda Tags:,

Na condição de voluntária

Trabalhar voluntariamente num festival cultural holandês pode ser bastante vantajoso.

No caso do Oerol, por exemplo, os voluntários têm garantidas a área da barraca num dos campings, saborosas refeições nos dias em que trabalham e a entrada gratuita no espaço mais importante do evento. Além disso, 50% de desconto em todas as apresentações e no aluguel de uma bicicleta.

Leia mais…

Gente do Oerol 5: no lugar e na hora certa

Esta manhã, enquanto trabalhava na bilheteria do festival, recebi um sms de N:

“Tenho dois ingressos para De Jongens hoje à noite e não vou poder assistir. Se alguém procurar e não tiver mais para vender, por favor dê meu número”.

Os ingressos já estavam esgotados mas ninguém perguntou por eles. Meu turno matutino acabou. Estava assistindo ao show do De Nits quando, sem querer, ouvi um diálogo entre duas mulheres:

– É uma pena, mas ninguém anunciou no prikbord ingressos para De Jongens. E na bilheteria já estão esgotados.
– Tenho uma amiga que está vendendo dois ingressos para hoje à noite. Quer o telefone dela? – me intrometi.

Minutos depois recebo um sms de N:

“Obrigada, batateira, vendi os ingressos pra mulher que falou com você!”

Ok, prometo, esta é a última historinha sobre ingressos do Oerol…

Categorias:Holanda Tags:, , ,

Gente do Oerol 4: prikbord

20 - 06 - 2008 Comentários desligados

O que fazer se nem mesmo enfrentar a fila ou a chuva é suficiente para conseguir um bilhete para uma peça de teatro no Oerol? O prikbord.

No mural de recados (prikbord) as pessoas anunciam os ingressos de espetáculos que possuem mas que não vão utilizar. E porque alguém não vai à tão procurada caminhada de Robert Wilson, Walking, por exemplo?

Os motivos são os mais diversos, desde ter comprado ingressos para pessoas que não poderão vir à Terschelling, por ter mudado de idéia na última hora e querer assistir a outra apresentação que acontece na mesma hora ou porque a Holanda vai jogar uma partida no Campeonato Europeu de Futebol.

Os recados estão sempre mudando. Uma vez encontrada a peça desejada, as pessoas simplesmente tiram o recado do mural, ligam para o dono dos ingressos e os compram! Com um pouco de sorte é possível encontrar o bilhete desejado e quem sabe até conhecer gente para acompanhar na degustação da próxima bebida…

Categorias:Holanda Tags:, ,

Gente do Oerol 3: chuva

19 - 06 - 2008 Comentários desligados

Chovia muito nessa manhã de quinta-feira em Terschelling. Mas os fãs do Oerol não se deixam intimidar.

Bilheteria

Capas de chuvas, cabelos e rostos molhados depois de enfrentar a fila da bilheteria. Alguns preferem assistir espetáculos em ambientes como um estábulo ou celeiro para se prevenir da chuva que ainda pode vir.

Mas a maioria nem se importa em pegar um pouco de chuva e assistir, por exemplo, De bruiloft, um casamento russo que começa ao ar livre.

A platéia faz parte dos convidados (com direito a comer e a beber, mas também receber presentes na entrada para e dar presentes aos noivos). Somente quando o público inteiro tenha cumprimentado o noivo e a noiva é que o público é convidado a entrar no estábulo e sentar em uma das arquibancadas.

Veja um pedaço do De bruiloft:

Categorias:Holanda Tags:, , ,

Gente do Oerol 2: fila

Os ingressos das apresentações pagas do Oerol podem ser comprados com antecedência, mas se esgotam rapidamente. Cerca de 30% das entradas, no entanto, são vendidas apenas no dia da apresentação.

A fila para a bilheteria

Diariamente, a bilheteria abre às dez da manhã e as senhas para comprar os ingressos começam a ser distribuídas às 9 horas. As pessoas começam a chegar bem mais cedo. Hoje conversei rapidamente com as duas primeiras da fila (foto). Elas dizem ter chegado às 04h00 para garantir os bilhetes para Théâtre du Centaure . Foram umas das poucas que conseguiram dois dos 16 ingressos ainda disponíveis para esta noite.

Categorias:Holanda Tags:, , ,

Gente do Oerol: nacionalidade

“Você não tem sotaque de Terschelling, de onde você é?”, me perguntou uma guria que, como eu, trabalha como voluntária na bilheteria do Oerol, o festival de teatro que acontece na ilha do meio do mar de Wadden.

Encontrei um colega de bilheteria entre um teatro de rua e outro. Ele me perguntou quem era o rapaz que estava comigo:
“Este é P, que mora no Brasil e está passando uns dias aqui na ilha” – apresentei.
“Ah! Você também é brasileira!” respondeu ele.

Em três dias, conheci uns 20 dos cerca de 700 voluntários que fazem com que o Oerol aconteça. A maioria me pergunta onde estou hospedada, onde moro ou quais peças de teatro já assisti ou vou assistir. Parece que por aqui a nacionalidade não é uma informação importante…