Arquivo

Posts Tagged ‘turismo’

A Holanda segundo o Jornal da Record

Na minha opinião, esta série de reportagens é interessante por abordar assuntos como a prostituição e drogas com seriedade, por sair de Amsterdã e mostrar diversas cidades holandesas e o que há de mais avançado no que diz respeito à convivência/luta dos holandeses com as águas, além do porto de Roterdã, das bicicletas e dos pontos turísticos mais visitados.

As reportagens foram exibidas durante uma semana no Jornal da Record no final de agosto de 2010.

Parte 1: A liberdade holandesa


Parte 2: Um país abaixo do nível do mar

Parte 3: bicicletas

Leia mais…

Turismo para ‘diehards’

Em seis de junho as obras do metrô em Amsterdã estavam abertas para visitação. Era possível ver as escavações dos buracos espalhados pelos nove 9,7 quilômetros que, segundo a previsão, devem unir a cidade de norte a sul a partir de 2017.

Tirando o fato de que a obra está estimada em 3,1 milhões de euros e de que diversos moradores se mudaram dos arredores de uma das estações porque os prédios deles afundaram alguns centímetros, quem é que se interessa em visitar uma estação de metrô inacabada?

Leia mais…

Memórias de férias em Terschelling

“Terschelling faz parte da província de Friesland?” – pergunta um turista.
“Não, é a província que faz parte de Terschelling”, responde o morador da ilha e condutor da carroça.

A vida em Terschelling pode ser simples como colher – e em seguida, comer – morangos e bagas frescas ou como sentar-se no jardim e observar a imensidão do céu numa noite sem estrelas e sentir o conforto no vazio do universo.

Caminhar pela natureza pode ser uma aventura:

* é voltar para casa com os pés pretos da lama do mar de Wadden ao caminhar perto do dique;
* é a tranqüilidade de andar horas pelas dunas, próximo ao mar;
* é o friozinho na barriga de não saber estar caminhando na direção certa e sequer encontrar alguém para confirmar o trajeto.

Ainda que a ilha seja relativamente pequena (674 km2) e que a população suba, de cinco para mais de vinte mil habitantes, durante o verão, é possível caminhar horas sem encontrar viv’alma.

Terschelling é também…
… assistir ao show de André Manuel en de Ketterse Fanfarre no Vijfpoort super lotado e, em seguida, olhar para o horizonte e ver um amplo pôlder iluminado apenas pela lua cheia…

… ou voltar ao mesmo café uma semana depois – desta vez quase vazio – e ser reconhecida pelo dono do bar… e ouvir Neil Young, Joy Division e outros do mesmo estilo…

…ou dançar ao som do velho rock’n roll a noite toda no Wrakkenmuseum (museu de quinquilharias encontradas em navios naufragados)…

… e beber e conversar com alguém que você nunca viu antes e chamá-lo pelo nome de um velho amigo e ele aceitar sem questionar…

Categorias:Holanda Tags:, ,

NDSM-werf: o porto do submarino

O submarino do post abaixo está ancorado no NDSM-werf. O local sedia também o Over het IJ Festival.

Nessa área da região norte de Amsterdã funcionava o antigo estaleiro da cidade. Atualmente, o aspecto industrial contrasta com a idéia da prefeitura em transformar o local em reduto cultural e de divertimento. O cenário parece inspirar.

Atualmente, cerca de 250 artistas trabalham no antigo estaleiro, que também abriga uma pista de skate indoor. Há pelo menos três restaurantes e um botel (barco+hotel).

Rua digital, rua analógica, avenida hardware e avenida teclado são nomes de algumas das vias públicas que constam no mapa do bairro.

Abaixo, algumas fotos (de tikitoko) com áudio-comentários sobre o local:

[splashcast c DYPI2194OS]

O ferryboat NDSM-werf atrás da Estação Central leva pedestres e ciclistas ao local. O transporte é gratuito e a viagem dura cerca de 10 minutos.

Submarina meets submarino

Submarina encontra submarino em Amsterdã!

Leia mais…

As uvas-do-monte de Terschelling

Terschelling é também sinônimo de cranberries (uvas-do-monte). Uma das empresas que as cultivam garante que esta ilha, localizada na província de Friesland, é o único lugar do mundo em que as frutinhas podem ser encontradas na versão orgânica.

Diz a ‘lenda’ que, por volta de 1839, diversos barris com bagas vermelhas foram encontrados na praia de Terschelling. Os jutters (colecionadores de objetos naufragados) se dirigiram rapidamente ao local, pensando que haviam encontrado um estoque de vinho. Decepcionados, deixaram as frutas nas dunas, que acabaram se adaptando e brotando no solo da ilha.
Leia mais…

O assunto do momento

09 - 07 - 2008 Comentários desligados

Recesso escolar e parlamentar. A cidade está tranqüila, pouca gente no trabalho, tempos de pepino

Quando você vai de férias? Para onde você vai? E quanto tempo fica por lá?

Estas são as perguntas que mais ouço nesse início de julho. Ao entrar na padaria, na ótica, no pet shop ou em qualquer outro estabelecimento comercial, no trabalho ou entre amigos, as férias são o assunto momento.

Alguns vão para balneários holandeses, outros escolheram destinos europeus onde há mais garantia de sol, como a França, Espanha, Portugal e Itália. Neste ano, pessoas que eu conheço e que vão passar as férias em outros continentes optaram por Vietnã, Laos, Austrália, Peru, Costa Rica e Estados Unidos (Califórnia).

É verão e as temperaturas na Holanda estão amenas. E para quem fica no país, há muitas atividades ao ar livre programadas, com destaque aos festivais.